segunda-feira, 4 de maio de 2015

Gorky

Through the denial of reality, by the removal of the object from its habitual surrounding, a new reality was pronounced. (Gorky)
 Fim de tarde proveitoso. Um primeiro ensaio com Nariné Dellalian (Orquestra Gulbenkian) moldando o texto para a intervenção dos músicos. Trocando impressões fala a fala, estabelecendo didascálias simples e conversando muito sobre a Arménia que só agora descubro. Aos poucos, os contornos da personagem vão surgindo. A performance “Logo à noite no lago Van” vai ganhando corpo; terá de estar pronta dia 17 de maio, véspera do dia dos Museus, numa concordância criativa entre músicos e narrador. Muita pesquisa, com ajuda da Ana Vasconcelos (Centro de Arte Moderna) nesta procura de um outro olhar sobre Arshile Gorky, este pintor fundamental para o nascimento do abstracionismo Americano. Sinto a responsabilidade e o peso da construção desta narração no centenário do genocídio do povo Arménio. Para a frente é que é caminho!

Sem comentários:

Enviar um comentário